A importância de ter esperança

Pensei nesse tema porque é o que estou sentindo vontade de falar. Estamos tão acostumados com as dificuldades que ás vezes esquecemos de dar uma chance para a esperança de que coisas boas podem acontecer. Durante a minha vida toda (sim TODA) eu passei situações muito difíceis, desde financeira à emocional, perdas e etc. Ás vezes chego a questionar se realmente é necessário que eu tivesse que enfrentar todas elas. Não considero que chorar e  se sentir triste seja errado ou fraqueza e sim um sinal de expressar o que está sentindo.

Mas a nossa vida não pode parar nisso, mesmo que venha um tempo difícil após o outro, o coração deve se ater a esperança de que tudo passa e a qualquer momento coisas boas podem acontecer.

banner_wonderland_3

Eu vivi uma época muito difícil em 2015 e 2016, desde a perda de alguém muito importante à minha vida virar de cabeça para baixo, e depois de tudo isso tive que enfrentar um problema de saúde que acabou com a minha pele. Eu realmente perdi a esperança, a vontade de fazer as coisas, de sonhar. Foram tempos sombrios

Não havia tempo em que eu me sentisse bem por dentro, os meus amigos próximos tentavam me ajudar (e mesmo eu não reagindo eles permaneceram do meu lado o tempo todo), mas tudo o que eu pensava e sentia dependia apenas de mim. Ter esperança foi algo que decidi acreditar, um pouco dela foi suficiente para acreditar em coisas boas. Não foi fácil, mas escolhi  lutar contra a minha escuridão, contra o vazio e contra todas as vozes que me colocavam para baixo. Acho que muitos leitores sabem que sou cristã, então eu também acreditei (e acredito) no cuidado e no amor de Deus e isso foi e é a maior esperança que eu tive nesse processo. Eu decidi dar uma esperança para me reerguer.

Eu não posso dizer a você que tudo vai melhorar e vai ser mais fácil, porque a vida não é, mas eu posso dizer a VOCÊ é FORTE, VOCÊ é uma pessoa INCRÍVEL e SINGULAR, sua EXISTÊNCIA é TUDO. Dentro de você há coisas preciosas, há luz, vida. Resgate isso e faça o máximo por si, porque você é importante. O que eu gostaria de compartilhar que você é o melhor. Esse é o recado de hoje! ❤

Anúncios

Decidi abrir o coração

Enquanto escrevia esta crônica com os olhos cheios de lágrimas, ouvia I’ll Be There do Jackson 5, porque alguém muito especial para mim gostava dessa música. Talvez essa crônica seja a mais especial que eu possa escrever, porque nela vou falar sobre alguém que foi muito importante na minha vida…

Quando eu tinha 5 anos minha mão conheceu o ex-marido dela, e ele foi como um pai pra mim, uma frase que marcou muito minha vida que ele disse quando eu era criança foi “Nós não temos o mesmo sangue, mas você é como uma filha para mim”…. E ele foi um grande pai para mim. Não fui uma criança e adolescente que deu muito trabalho aos pais, fui bem tranquila. Mas tive fases bem complicadas, e todas elas ele aprendeu a lidar. Cheguei a falar coisas que o magoaram e ele também o fez.

Em 19 de junho de 2015 ele veio a falecer. Foi o pior dia da minha vida. Convivi com ele por 17 anos… E foram anos de muito aprendizado, porque o maior deles foi aprender a ser uma filha. Ele tinha um orgulho muito grande de mim, e eu não fazia mais nada do que minha obrigação como uma filha… Claro, geralmente fazia como um ato de amor e gratidão. Os fatos que antecederam a morte do meu pai foram para mim como um peso, porque antes de tudo acontecer eu fui tão egoísta, só pensava na minha vida, meus estudos e tudo que envolvia meu mundinho. Minha vontade era de voltar no tempo e ficar todo o tempo perto dele, rindo das piadas sem graça, vendo tv, falando das bandas de rock da década de 80 que ele gostava, ter a oportunidade de ter falado mais de mim, porque era muito fechada sobre ser sincera com meus sentimentos, sempre “maquiava” tudo. Depois que ele faleceu eu não consigo entender o que aconteceu comigo, mas me sentia um monstro por ter sido distante dele antes dele ir, eu carreguei isso por um tempo, até que no dia que fez 2 anos da sua morte tive um sonho “Eu estava em São Paulo com meu pai e minha irmã e estávamos na rua Galvão Bueno, eu parecia uma guia turística. Em um momento parei e expliquei algo sobre uma loja, meu pai me olhou profundamente, e eu não entendia porque ele me olhava daquele jeito.” No dia seguinte fiquei pensando no sonho, porque foi a primeira vez que sonhei com ele e ele estava bem e não debilitado como havia sonhado outras vezes. Eu estava indo para a universidade e ouvi Deus falar comigo sobre porque meu pai me olhava daquele jeito no sonho, eu ouvi Deus dizer “Está tudo bem, você deu orgulho para seu pai, você não é uma pessoa má pelo que aconteceu naquela época. Por mais que você tenha seus momentos ruins, você tem um bom coração e é amada.” Eu enchi os olhos de lágrimas, estava chorando no meio da rua, mas depois disso eu senti paz.

Meu pai não foi alguém famoso, um médico, engenheiro ou o presidente. Ele era um homem simples, humilde e de coração puro. Com seus defeitos como qualquer outra pessoa, mas foi honrado e deixou sua marca na vida das pessoas que ele passou. Eu quero agradecer ele por ter cuidado de mim, mesmo não tendo o mesmo sangue que ele, me tratou como sua filha de verdade, me corrigiu quando precisou, me ensinou  sobre valores e as coisas que realmente são importantes na vida. Eu quero deixar isso no meu blog, como forma de honrá-lo pelo homem que ele foi e por não ter desistido nos momentos mais difíceis. Eu sei que ele lutou com todas as forças para sobreviver, mas entre ele e Deus havia mistérios, Deus fez conforme seria o melhor para meu pai, porque Deus é perfeito. Agradeço ao Sérgio por todas as coisas que me ensinou, por acreditar em mim, mesmo eu sendo desse jeito, em sua memória deixo esse texto no meu blog.

Eu te amo pai, obrigada.

A imagem pode conter: 1 pessoa