Resenha: Base Matte Alta Cobertura da Tracta

BASE MATTE ALTA COBERTURA 03 - TRACTA:

ícone_wj-01 Quando estive em São Paulo aproveitei para fazer algumas comprinhas na Ikezake  (Loja de cosméticos e perfumaria na rua Galvão Bueno- Liberdade). Entre essas compras decidi levar a base matte de alta cobertura da Tracta. Eu vi várias Youtubers falando sobre ela e sua praticidade.

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Minha avaliação

O tom da minha pele é meio termo, então tenho um pouco de dificuldade de encontrar base em um tom que fica legal, esse que escolhi é pouco mais escuro que a minha pele (é bem próximo do que eu gosto- Tom nº 5). A base é realmente de alta cobertura, e esconde várias manchinhas da pele. Porém se você tem uma pele oleosa, é bom ter pó compacto por perto para tirar aquele brilho típico da testa, nariz e queixo. No mais minha avaliação é que vale a pena comprar se seu objetivo é esconder tudo! Abaixo uma foto sem/com o uso da base:

A imagem pode conter: 2 pessoas, selfie e close-up
Foto do antes e depois do uso da base.

Atenção!

Eu tenho uma pele muito sensível, então nunca pulo etapas (como usar o prime) e depois de usar a base algumas das vezes minha pele ficou um pouco irritada e um pouco áspera. Eu não uso maquiagem com frequência por conta de um problema de pele que eu tive, então se você está fazendo algum tratamento ou sua pele está sensível aconselho você a não usar. Na verdade não use nem um tipo de make up até sua pele ficar boa novamente. No mais a base é boa e vale a compra!

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Bom coleguinhas termino essa resenha por aqui! <3

banner final

Primeira playlist pop ano

Para quem vai passar o fim de semana em casa e quer dar aquela animada…

Eu amo aquelas músicas que me fazem querer dançar e cantar no meio da rua (kkk claro que eu não faço isso). Quem me conhece um pouco melhor deve pensar que eu ouço apenas k-pop, sinto muito decepciona-los amigos, mas não é bem assim. Resolvi separar 6 músicas que não saem da minha playlist pra gente curtir juntos!

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Uma delas é do Bruno Mars – That’s What I Like. Essa batidinha da música, a qualidade vocal do Bruno é demais. Achei o vídeo muito legal, a dancinha dele é bem contagiante!

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Essa música abaixo SONNY – Wrongestway , vi em um vídeo no instagram e procurei no youtube. Acabei viciada nela. Eu tenho uma certa paixão por Los Angeles, então tudo que me lembra L.A ou me dá uma sensação de estar lá, acabo gostando. Essa é uma música que me faz imaginar dando aquele passeio legal pela cidade. Sem falar na dancinha muito cool que eles fazem no vídeo. (Meio viciada em dancinha a pessoa não é?)

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Kiiara – Gold, foi uma música acidente… Eu tinha uma agonia do que seria o refrão da música (?) fica a minha dúvida. Mas Gold não saía da minha cabeça, acabou entrando na minha playlist. A primeira vez que eu ouvi foi em um vídeo da Nah Cardoso. Agora estamos aí ouvindo uma música cheia de cortes, que parece chiclete (kkk só estou zoando eim).

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Ah… Essa música agora… Tem uma melodia muito boa… E também me dá uma sensação “L.A”, seja onde estiver minha mente já pensa em Santa Mônica e Venice (lugares maravilhosos). A versão do vídeo que eu gosto é essa com a letra, a praia… Bem, acho que nem preciso explicar a razão não é? Segue cantar junto com o vídeo e dançar (pensando que estou em L.A… Aquelas kkk)

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png Esse ano de 2017 me comprometi com a minha felicidade. Em 2015 e 2016 tive muitos momentos difíceis. Então esse ano até mesmo as músicas devem ser bem up, para ficar bem animada e ser positiva! Eu amo o álbum Purpose do Justin Bieber. As músicas são mais maduras e boas, acho que quase todas são minhas favoritas hahaha, mas dou destaque para What do you  Mean  (vídeo) e Love Yourself

cropped-icc81cone_flor_wj-01.png E por último, essa música ouvi quando estava em São Paulo! Bem até fevereiro desse ano nunca tinha ouvido falar da Zara Larsson, e achei muito legal o vídeo, as roupas e a dança. É uma música “Toca dj” que todo mundo dança. Amei as roupas que ela usa no vídeo Ain’t  My Faut.

Bem, essas são algumas das músicas que mais estou ouvindo no momento. E vai ter playlist k-pop sim mais pra frente! Resolvi separar se não vai ficar muito longo o texto. Agora é sua vez… Compartilha nos comentários 6 músicas da sua playlist deste ano! ❤

banner final

Maquiagem

banner final

Maquiagem asiática: tons pastéis, delicadeza e muita naturalidade!

Nesta matéria gostaria de trazer para vocês 3 tutoriais de make que eu amo. A Ásia não é apenas referência em tradição e tecnologia. Nos últimos anos houve uma grande expansão no mercado de cosmético japonês e coreano. O motivo? A qualidade e a eficácia de tais.

No Brasil temos algumas marcas conhecidas como a Shiseido, Missha , Holika Holika entre outras. Mas vamos deixar os produtos coreanos para outra matéria porque nesta eu realmente vou trazer tutoriais. Eu já tentei fazer, tenho a pele mais morena então tento adaptar as cores, o que não deu muito certo já que não tenho habilidade nem uma para isso, eu realmente não sei fazer maquiagem!

Meus tutoriais favoritos

O primeiro tutorial é o da Pony, ela é muito famosa e incrivelmente talentosa. Ela faz algumas parcerias e assinaturas de linhas de make up com marcas famosas como a Missha e a Etude House. Essa make do tutorial mostra o quão delicado são as cores e os traços. Ela tem mais de 2 milhões de escritos no Youtube e mais de 3 milhões  de seguidores no instagram.

O segundo tutorial é da Daddoa, essa make traz tons pastéis e uma sensação de primavera. Eu amei, apesar de não ter legenda em inglês, os produtos utilizados por ela estão romanizados.

 

O terceiro tutorial foge dos tons pastéis, mas não foge da delicadeza. O vídeo é em inglês e saiu esse ano na época do Valentine’s Day. Além da maquiagem ser linda o vídeo é muito divertido.

 

Tutorial bônus!!!

Então, essa make é algo que você pode usar todo dia. Mais simples, no entanto sem perder o charme. Além de realçar pontos importantes no rosto. Esse tutorial é da Jessica Koh. Mais bônus ainda é que o vídeo está em inglês e alguns produtos utilizados por ela são fáceis de encontrar no Brasil e não custam tão caro. ❤

 

Essa foi uma prévia desse mundo das makes asiáticas que pode viciar a gente! Eu mesma passo muito tempo vendo tutoriais. Se você também gosta e tem seus favoritos, manda nos comentários e vamos trocar “figurinhas” sobre esse assunto.

banner final

Crônicas para a vida

Vivi como um anônimo por conta de um amor não correspondido

Talvez o título seja exagerado, mas eu não sou o tipo de pessoa corajosa então esse título se encaixou no que eu gostaria de expressar. Eu não tenho mania de sempre ter um amor ou ser o amor de alguém. Mas ás vezes ele nos pega. Meu ultimo amor foi bem unilateral e um pouco sofrido. Eu não gostava dele, mas os outros achavam que ele gostava de mim e as atitudes dele não correspondiam a “quero ser apenas seu amigo“; pois é… Logo eu, me iludi. O erro foi meu. Apesar de no fundo querer ter apenas sentimentos de amiga meu coração queria mais. Tive que falar o que sentia… Não muito surpresa por ter ficado na “Friend zone”.

Mas passei a viver querendo me esconder, porque sentia vergonha. Vivia nos corredores do subsolo da universidade, indo ao restaurante universitário em horários que não batessem com os horários que eu poderia encontra-lo ou ver meus colegas de curso. Era vergonhoso, me sentia culpada mesmo não tendo culpa de nada, virei refém da minha falta de bom senso, infantilidade e covardia. Não queria encarar um coração quebrado novamente, eu só queria perder a memória e esquecer aquele sentimento, aquele garoto e todos que algum dia me causaram algum tipo de sofrimento. Isso na minha cabeça que parecia não funcionar bem.

cropped-banner_wonderland_2.png

Vivi como anônima mais de um ano. Para piorar vi não fazia diferença nem uma eu ter me afastado das pessoas, percebi que dava menos trabalho viver daquele jeito, anônimo. Mas a situação não era boa porque meu coração se sentia machucado. A falta de encarar a situação, meus sentimentos e tudo aquilo, me impedia de ser feliz de verdade.

Com o tempo aprendi que encarar a dor e resolvê-la, é um começo para aprender mais sobre si. Encarar não é viver na dor nem se deprimir. É chorar o que precisar, respirar e erguer a cabeça. Perdoar se necessário e esquecer, no sentindo de seguir em frente, e entender que pessoas vão passar pela nossa vida e deixar muita saudade, mas que não eram  estas as que permanecem e liberá-las cada uma, para que novas pessoas possam chegar e entre elas algumas que fiquem para sempre.

Ser um anônimo, viver refém das próprias dores, não encará-las é a pior coisa que você pode fazer consigo, porque você mesmo está se impedindo de crescer e amadurecer, de deixar a felicidade chegar.

A vida tem muito a nos oferecer, sorrisos verdadeiros, momentos inesquecíveis e únicos, mas nós devemos estar dispostos a vivê-la. Temos que aproveitar todos os dias e todos os momentos, construir e ás vezes desconstruir. Aprender mais sobre si, encarar a nós mesmos, nos analizar, aprender a amar nosso jeito e corrigir algumas coisas. Ver o que realmente merece nossas intensidades e excluir aquilo que nos faz mal. Essa é a resenha de hoje!

P.S: kkk eu não ando mais no subsolo e cobrindo o rosto me escondendo. ^^

banner final

Sobre o Blog

Bem vindo!!!

banner_wonderland_4.png

Quem sou eu?

Olá meu nome é Jessica, tenho 24 anos e sou estudante universitária de letras. Sempre gostei de escrever e compartilhar informações por isso criei esse blog. Adoro me comunicar com pessoas e trocar experiências! Espero que essa seja uma experiência boa tanto pra mim quanto para vocês, o público leitor.

Qual o principal objetivo do blog?

Além da comunicação com vocês quero trazer resenhas sobre produtos de beleza, moda, cultura, compartilhar as coisinhas que estou conhecendo e experimentando e motiva-los ou não a fazer também.

O que me motivou?

Certo… Vou contar um pouquinho da minha história para vocês!

Em 2015 perdi alguém muito precioso, meu pai de criação. Ele era meu grande amigo e mesmo não tendo o mesmo sangue que ele o amava como meu pai. Tenho meu pai biológico que eu amo muito e temos um bom relacionamento. Voltando, perder alguém que se ama não é fácil e a mudança de vida que eu e meus irmãos encaramos não foi fácil, porque morávamos com meu pai e tivemos que passar a viver com a minha mãe. Além de encarar a dor da perda tivemos que lhe dar com problemas financeiros e conflitos de relacionamento em casa.

Os problemas emocionais afetaram muito a minha saúde e eu tive uma perda considerável de peso (cheguei a 43 kg) e no meu rosto começou a aparecer umas acnes que não sumiam, elas eram enormes e internas, eu fiquei horrível e não tinha dinheiro para ir a um dermatologista. Eu me sentia tão horrível e perdida porque não conseguia estágio ou um emprego e na época a situação estava realmente difícil. Eu não tinha motivação pra nada, andava sempre olhando para os pés cobrindo o rosto com o cabelo. No ano novo e no meu aniversário (03 de janeiro) não queria fazer nada. Minha melhor amiga sofreu um pouquinho para me animar porque era realmente difícil.

Eu consegui juntar dinheiro e paguei um dermatologista, no final me foi solicitado quase 2.000,00 reais em exames e um tratamento em que a sessão custava 850,00 reais. Me vi triste novamente. De onde tiraria esse dinheiro, como faria os exames? Era uma situação complicada para mim que só gostaria de ter uma pele normal.

Comecei a buscar alternativas: máscara de argila, máscara hidratante, cremes, pomadas em gel da Cicatricure etc… Mas nada funcionava. A dermatologista havia me avisado que o único jeito de me livrar dos buracos e das manchas seria por meio do microagulhamento e eu não tinha condições de pagar uma sessão. Nesse tempo consegui um estágio remunerado na universidade em que eu estudo (650,00 já é muito pra que não tinha nada). Havia planejado meu dinheiro pois além do tratamento a ser feito tinha que ajudar nas despesas de casa.

banner_7.png

A solução

Desde o final de 2013 faço a sobrancelha com a mesma pessoa a Fabiane Machado, ela tem uma excelente mão para arrumar a minha que não é grande coisa, aparece até que eu não tenho, mas a forma como ela tira os pelinhos faz aparecer uma sobrancelha. Um dia conversei com ela sobre o tratamento que precisava fazer e como era caro. Foi então que ela me disse que no lugar que ela estava trabalhando havia alguém que fazia microagulhamento e com uma mão de obra mais em conta. Corri atrás para saber o preço porque seria melhor que pagar 850,00 reais . Antes de fazer o micro fiz um peeling de diamante para conhecer o trabalho da Solange Mendes que é esteticista. Só com o peeling o aspecto da minha pele tinha melhorado um pouco, o trabalho dela é excelente e fechei com ela o pacote do tratamento.

Atualmente estou em processo do tratamento, mas já vi excelentes resultados. Não ando mais olhando para o chão, meu rosto não tem mais manchas, as cicatrizes e buracos sumiram cerca de 60% (porque ainda estou em processo de tratamento). Sem falar que a Solange é muito cuidadosa e zelosa em seu trabalho e com a suas clientes. Ela não só me conquistou com o trabalho dela como também pela pessoa que ela é.

Okay, tratamento excelente…. Mas, como manter os resultados?

Eu pesquisei tanto sobre cuidados com a pele e conversei tanto com a Sol que descobri que minhas ideias e forma de cuidados estavam um tanto que equivocadas. Nesse tempo pesquisei muito como os coreanos, asiáticos em geral cuidavam da pele e acredite achei a respostas em português.

Achei um blog maravilhoso o Valeu a Compra, o blog da Van ( https://valeuacompra.wordpress.com/ ) . Lá ela trouxe matérias baseadas no livro de uma esteticista coreana a Charlotte Cho. Eu chamo o livro de “segredos de beleza coreano”  o que seria uma tradução para “ título em inglês”. Ela fala sobre a rotina de cuidados, os produtos indicados pela autora e os que ela mesmo testou e aprovou. E para ser mais completo ela ainda fala onde comprar esses produtos, qual o melhor site, preços e etc. Deixarei o link caso você tenha interesse em conhecer. Pois aqui vou trazer minha avaliação e resultados dessas dicas!

jeees

Olá!

Sejam bem-vindos ao meu Wonderland, beijinhos Jess.

banner final